Menino sobrevive após mãe atirar carro no rio Hudson

Americana de 25 anos e três dos quatro filhos morrem na cidade de Newburgh, ao norte de Nova York

iG São Paulo |

Uma americana identificada como Lashanda Armstrong, 25 anos, atirou o carro que dirigia e no qual levava os quatro filhos no rio Hudson, na cidade de Newburgh, cerca de 97 km ao norte de Nova York. Uma das crianças - um menino dez anos - sobreviveu. A mãe e seus outros três filhos - um menino de 5 anos, um menino de 2 e uma bebê de 11 meses - morreram.

AP
Chefe da polícia de Newburgh, Michael Ferrara, concede entrevista coletiva sobre o caso
O menino conseguiu escapar do carro pela janela e nadou até a margem. Depois, foi levado até o corpo de bombeiros por uma mulher que passava pelo local e o viu com as roupas ensopadas.

O garoto contou o que havia acontecido e equipes de resgate foram ao rio. Após cerca de uma hora, conseguiram encontrar o carro, que estava submerso. Dentro do veículo, todos estavam mortos.

Segundo o chefe da polícia de Newburgh, Michael Ferrara, cerca de dez minutos antes de o garoto entrar no local a polícia tinha ido até a casa da família, que estava vazia.

De acordo com Ferrara, a polícia respondeu um chamado feito por um parente que relatou "incidentes domésticos" entre Lashanda e o pai de três das crianças que morreram. O homem, chamado Jean Pierre, foi interrogado mas a polícia não deu outras informações.

A morte de Lashanda, que atirou o carro no rio por volta das 20h de terça-feira, foi considerada suicídio.

Com AP

    Leia tudo sobre: nova yorkrio hudson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG