Menino que foi 1º caso de gripe A ganha estátua no México

La Gloria (México), 16 ago (EFE).- A estátua em honra ao menino mexicano Édgar Hernández Hernández, o suposto primeiro contagiado com o vírus AH1N1 no mundo, foi revelada hoje em uma comunidade do estado de Veracruz, no leste do México.

EFE |

A efígie da chamada "criança zero" está no povoado de La Gloria, na base da colina Cofre de Perote, e simboliza o triunfo do menor de quatro anos sobre o vírus que afetou 18.861 mexicanos, segundo os últimos números da Secretaria de Saúde do país.

A estátua de Édgar enfeita agora a única fonte dessa comunidade de 3.500 habitantes, situada a cerca de 300 quilômetros ao leste da capital mexicana.

A mãe do menor, María do Carmen Hernández Pérez, afirmou que seu filho e ela estão felizes pela apresentação em público da réplica de bronze de 1,30 metro de altura e 70 quilos.

As autoridades de Veracruz consideram que a estátua e a história do menor podem se transformar em um atrativo turístico. EFE ea/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG