Menino de oito anos mata pai e outro homem nos EUA

Um menino de oito anos de idade foi acusado de assassinar o pai e outro homem no Estado do Arizona, Estados Unidos. A polícia de St.

BBC Brasil |

Johns, uma pequena comunidade a nordeste de Phoenix, afirmou que a criança confessou ter atirado contra os dois homens com um rifle calibre .22, na quarta-feira.

"Quem poderia imaginar que um menino de oito anos de idade poderia matar dois adultos?", questionou o delegado de polícia de St. Johns, Roy Melnick na sexta-feira.

Segundo Melnick a polícia chegou à casa do menino minutos depois dos crimes. O pai da criança, de 29 anos, e Tim Romans, um hóspede da casa de 39 anos, foram encontrados mortos no início da noite de quarta-feira.

Eles encontraram uma vítima morta na entrada na casa e a outra em um quarto no andar de cima.

O menino tinha ido à casa do vizinho e dito que "achava que o pai estava morto", disse o promotor do condado de Apache, Brad Carlyon. Mais tarde a polícia conseguiu uma confissão do menino.

Um juiz ordenou uma avaliação psicológica da criança, que está em um centro de detenção juvenil da região.

O menino não tinha registros de problemas de comportamento na escola e não havia indicação de qualquer problema em casa, segundo os promotores locais.

"Nunca vimos nada assim no condado de Apache nos meus 23 anos como promotor. Temos que descobrir o que estava passando na cabeça deste menino", disse o promotor do condado Criss Candelaria.

O advogado de defesa da criança, Benjamin Brewer, afirmou que a polícia se excedeu ao interrogar o menino sem que ele tivesse um representante da família ou um advogado e também não explicou a ele quais eram seus direitos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG