Menino de 8 anos mata o pai e seu companheiro nos EUA

Um garoto de apenas oito anos, acusado de assassinar seu pai e um outro homem, era esperado em uma corte do Arizona (oeste dos EUA), nesta segunda-feira, por um caso que chocou policiais e promotores.

AFP |

O menino é acusado de atirar em ambos os homens - seu pai, de 29 anos, e um colega de trabalho deste, de 39, que, aparentemente vivia com eles na pequena cidade rural de St Johns, 273 km ao nordeste de Phoenix, na quarta-feira passada.

A polícia foi até a residência do menor, nesse dia, à tarde, após ser chamada pelos vizinhos, que alertaram que algo tinha acontecido. Já o garoto foi para a casa de um vizinho e disse achar que seu pai estava morto, segundo suas declarações à polícia de St. Johns.

Depois de dar seu depoimento à polícia, pesam contra o menino duas acusações relacionadas a homicídio premeditado. Hoje, mesmo dia do enterro do pai e do companheiro deste, ele era esperado na corte.

"Isso cria um precedente. Vamos acusar um menino de 8 anos com duas acusações de homicídio", disse o chefe da polícia, Roy Melnick, de acordo com a imprensa local.

O procurador Criss Candelaria afirmou que o caso é sem precedentes "nos 23 anos que trabalho como procurador no condado de Apache", citou o jornal Arizona Republic.

"Precisamos saber o que estava passando na cabeça desse menino", completou.

Na sexta-feira, um juiz solicitou uma avaliação psicológica do garoto, que está em um centro de detenção juvenil.

O pai do menino e seu companheiro eram operários de uma central de energia, perto de St. Johns. O homem tinha a guarda integral do filho.

rcw/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG