Menino com agulhas inseridas no corpo se recupera bem de 3ª cirurgia

Rio de Janeiro, 29 dez (EFE).- O menino brasileiro de dois anos, que o padastro admitiu ter introduzido 32 agulhas em seu corpo, se recupera bem da terceira cirurgia para a retirada de mais quatro objetos, informaram hoje os médicos.

EFE |

Internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital de Salvador, o garoto respira e se alimenta normalmente, conforme o último boletim médico.

Na noite de segunda-feira, a equipe médica realizou a última operação para a retirada de quatro horas para retirar quatro agulhas que apresentavam riscos à saúde, incluída uma que estava inserida entre a sexta e sétima vértebra, perto da medula óssea.

Ontem à noite, também foram extraídas outras duas agulhas da clavícula esquerda e outra da axila esquerda, elevando para 22 o total de objetos retirados em um total de três cirurgias.

A equipe médica afirmou que a criança poderá receber alta em 15 dias e descartou a possibilidade de extrair as 10 restantes, disseminadas pelas pernas, porque não representam risco de morte.

O menino tinha objetos cravados no coração, em um pulmão, na bexiga, no abdômen e em diversas outras partes do corpo.

A Polícia da Bahia apresentou acusação por tentativa de homicídio contra o padrasto do garoto, Roberto Carlos Magalhães, e sua namorada, Angelina Ribeiro dos Santos, que supostamente participa de rituais de magia negra. EFE mp/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG