Um menino de 11 anos iniciou nas últimas horas uma caminhada de 100 km no sul da Colômbia para pedir a liberdade de seu pai, que foi sequestrado pouco antes de ele nascer, pelas Farc (Forçar Armadas Revolucionárias da Colômbia), disse nesta quinta-feira o menor.

"Esta marcha é pela liberdade de meu pai e de todos os sequestrados", destacou o pequeno Johan Steven Martínez, ao iniciar a caminhada que o levará da população de Ospina à cidade de Pasto, capital do departamento de Nariño (fronteira com o Equador).

O pai de Johan, o sargento José Martínez, foi sequestrado em 21 de dezembro de 1997 em um sangrento ataque das Farc contra militares no sul do país.

No ataque, 11 militares morreram e 18 foram sequestrados. Deles, somente Martínez e o sargento Pablo Emilio Moncayo ainda estão em poder das Farc.

Johan iniciou sua caminhada quarta-feira com centenas de moradores de Ospina e 30km depois pernoitou em um lugar perto do povoado de Túquerres. Ele voltou à estrada nesta quinta-feira e deve terminar o protesto sexta-feira em Pasto.

Leia mais sobre Farc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.