Membros do Fatah fogem de Gaza para Israel

Dezenas de integrantes do Fatah, grupo do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, fugiram de Gaza neste sábado, após combates com o movimento islâmico Hamas, e foram recebidos em Israel, revelou um funcionário israelense.

AFP |

Os feridos foram hospitalizados em Israel e os demais, transferidos para a cidade de Ramallah, na Cisjordânia, sede da Autoridade Palestina, disse o funcionário, que pediu para não ser identificado.

Após os combates entre militantes do Fatah e do Hamas, que deixaram quatro mortos e cerca de 60 feridos, pelo menos 30 integrantes do movimento de Abbas se apresentaram ao posto de fronteira de Nahal Oz, entre Israel e a Faixa de Gaza, revelaram várias testemunhas.

Entre os que se refugiaram em Israel estão Ahmed e Adel Helis, que dirigem um importante clã ligado ao Fatah e envolvido nos recentes confrontos.

A decisão excepcional de abrir a fronteira foi tomada pelo ministro israelense da Defesa, Ehud Barak, a pedido de Abbas e do primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad.

Israel fechou a fronteira com a Faixa de Gaza após o Hamas assumir o controle deste território, em junho de 2007.

Os confrontos deste sábado começaram quando forças do Hamas tentaram prender, no bairro Chujaiya de Gaza, vários membros do clã Helis, supostamente envolvidos no atentado com bomba que em 25 de julho matou cinco membros das Brigadas Ezzedin al-Qassam, brazo armado do Hamas, e uma menina de cinco anos.

Desde então, o Hamas já deteve 300 pessoas, a maioria ligada ao Fatah.

az/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG