Membros do alto escalão dos EUA se reúnem com autoridades paquistanesas

Islamabad, 6 abr (EFE).- O enviado especial dos Estados Unidos para o Afeganistão e o Paquistão, Richard Holbrooke, e o chefe do Estado-Maior conjunto dos EUA, almirante Michael Mullen, chegaram hoje a Islamabad, onde devem se reunir com autoridades políticas e militares paquistanesas, informou a imprensa local.

EFE |

Ambos têm o objetivo de "revisar a situação na região e discutir assuntos de interesse mútuo" com os dirigentes do Paquistão, disse à agência Efe um porta-voz da embaixada americana em Islamabad.

A previsão é de que o diplomata e o chefe militar americano se reúnam com o presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, o primeiro-ministro do país, Yousef Raza Guilani, e o chefe das Forças Armadas do Paquistão, Ashfaq Kiyani, segundo o canal de televisão "Geo TV".

A visita ocorre dez dias depois de o presidente americano, Barack Obama, anunciar a nova estratégia do país para o Afeganistão e o Paquistão.

O plano de Obama prevê a entrega de uma ajuda econômica anual de US$ 1,5 bilhão durante cinco anos ao Governo paquistanês, a qual está condicionada ao esforço do Paquistão na luta contra o terrorismo.

O presidente Zardari disse que a decisão da nova Administração americana é uma "mudança positiva".

Esta é a segunda visita oficial de Holbrooke ao Paquistão após sua nomeação no cargo em 22 de janeiro deste ano.

Amanhã, o enviado especial concederá uma entrevista coletiva junto ao ministro de Assuntos Exteriores paquistanês, Shah Mehmood Qureshi, segundo anunciou o Governo do Paquistão em comunicado. EFE igb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG