contrárias à dignidade humana em Gaza - Mundo - iG" /

Membro do Vaticano aponta condições contrárias à dignidade humana em Gaza

Roma, 8 jan (EFE).- As condições de vida na Faixa de Gaza são contrárias à dignidade humana, disse o presidente do Conselho Pontifício Justiça e Paz, cardeal Renato Raffaele Martino, em entrevista publicada hoje pelo jornal italiano La Repubblica.

EFE |

O membro do Vaticano reafirmou, assim, as declarações de ontem nas quais afirmou ao jornal on-line "Il Sussidiario" que a Faixa de Gaza cada vez se parece mais com um "grande campo de concentração", e que geraram críticas de Israel.

Os meios de comunicação italianos repercutem hoje as declarações de um porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores israelense, que acusou o cardeal de usar "as mesmas palavras do Hamas".

"Que pensem o que quiserem", disse hoje Martino ao "La Repubblica", acrescentando que "só é preciso olhar as condições nas quais vivem as pessoas ali. Cercadas por um muro que não podem atravessar e em condições contrárias à dignidade humana".

Além disso, o cardeal acrescentou que "o que está acontecendo nestes dias é um horror".

Martino disse, ao responder às críticas, que não há nada em suas declarações destes dias que possa ser tachado de antiisraelense.

O cardeal, ex-núncio do Vaticano nas Nações Unidas, condenou a violência por ambas as partes, mas acrescentou: "o que se pode dizer quando se mata tantas crianças ou se bombardeia escolas das Nações Unidas, apesar de tecnologias que permitem localizar até uma formiga?".

O cardeal acrescentou que, agora, "as duas partes têm que voltar atrás. Israel tem o direito de viver em paz e os palestinos, de ter seu próprio Estado".

Para resolver o atual conflito, Martino indicou a possibilidade de enviar "uma força internacional de interposição" à Faixa de Gaza.

EFE ccg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG