Um membro do movimento islamita Hamas morreu nesta segunda-feira em uma prisão da Autoridade Palestina na Cisjordânia, anunciaram fontes dos serviços de segurança.

Estas fontes indicaram que o homem, identificado como Fadi Hamadneh, de 22 anos, se suicidou.

O Hamas afirmou em um comunicado que o jovem morreu devido às torturas que sofreu na prisão.

Hamadneh, oriundo do povoado de Asira al Shamaliya, perto de Nablus, foi detido em junho pelo serviço de inteligência da Autoridade Palestina.

Os serviços de segurança palestinos são controlados pelo Fatah, partido do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, que o Hamas expulsou da Faixa de Gaza em junho de 2007.

bur-ezz/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.