Bogotá, 20 mar (EFE).- O guerrilheiro Javier Galvis Flórez, membro do Exército de Libertação Nacional (ELN), morreu durante um combate com a Polícia colombiana, informaram hoje as autoridades de Bogotá.

Também conhecido como "Mauricio", Galvis foi morto na noite de ontem, no município de El Líbano, a 120 quilômetros da capital do país.

A morte de Mauricio foi confirmada pelo ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, pouco antes de embarcar em viagem oficial ao Peru.

Fontes oficiais informaram que os Estados Unidos tinham feito o pedido de extradição do guerrilheiro, que estava sendo processado pelo sequestro de um americano na Colômbia. EFE jgh/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.