Membro de tribo é decapitado na Arábia Saudita

Riad, 11 jan (EFE).- As autoridades sauditas decapitaram hoje um membro de uma tribo árabe condenado por ter matado um saudita durante uma briga, o que fez subir para quatro os executados no país este ano.

EFE |

O Ministério do Interior saudita informou em comunicado que um membro de uma tribo árabe, cuja nacionalidade não divulgada, foi executado com um sabre no norte do país, conforme a "sharia" (lei islâmica).

A Arábia Saudita faz uma leitura estrita da sharia. Aém do assassinato e do narcotráfico, o país pune com a morte crimes como os de estupro, bruxaria, assalto a mão armada e homossexualismo.

Calcula-se que, só no ano passado, 102 pessoas foram decapitadas no país, ao passo que 153 foram condenados à morte durante 2007. EFE as/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG