Paris, 25 jul (EFE) - O membro da organização separatista espanhola ETA Asier Eceiza, responsável pelo aparato militar do grupo e procurado pelas autoridades espanholas e francesas, foi detido hoje ao leste da França junto com outra suposta integrante da guerrilha, anunciou o Ministério de Interior francês.

Eceiza faz parte dos seis membros da ETA cujas fotografias estão em cartazes divulgados na França no início do ano, destacou o ministério em comunicado.

Ele foi detido junto a Olga Comes Arambiles na localidade de Arceau, ao norte de Dijon, em torno das 17h30 (12h30 em Brasília), disseram à Agência Efe fontes próximas à investigação.

Os dois membros da ETA sofreram um acidente de carro, com um veículo era roubado, e fugiram, mas os gendarmes franceses conseguiram alcançá-los e detê-los, destacaram as fontes, que especificaram que ambos estavam armados.

Segundo espanholas, Eceiza, de 30 anos, teria colaborado com Jon Joseba Troitiño nos atentados cometidos em 22 de julho de 2003 contra dois hotéis de Benidorm e Alicante (Espanha), que deixaram 13 feridos, dois deles graves.

Eceiza também supostamente teria elaborado a informação sobre um vereador socialista de Orio (Guipúzcoa), Juan Priede, assassinado a tiros pela ETA em 21 de março de 2002, e participado de várias ações de violência de rua. EFE al/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.