Membro da equipe provocou acidente em submarino russo

Um membro da equipe ativou o sistema antiincêndios a bordo do submarino nuclear russo Nerpa, o que provocou no sábado a morte de 20 pessoas, anunciou a comissão de investigação da justiça russa.

AFP |

"A investigação estabeleceu que um membro da equipe, um marinheiro, ativou o sistema antiincêndios a bordo do submarino sem motivo e sem autorização", declarou o porta-voz da comissão, Vladimir Markine, citado pela agência Ria-Novosti.

"O marinheiro já confessou o erro", acrescentou.

AP
Russos durante o funeral dos marinheiros mortos no acidente

As vítimas, três oficiais e 17 civis, foram asfixiadas ao inalar o gás fréon emitido pelo sistema de combate a incêndios. Segundo as autoridades, nenhum fogo havia sido registrado aa bordo. O submarino fazia testes no mar do Japão e transportava muitos técnicos e engenheiros.

A justiça abriu uma investigação criminal por violação das regras de navegação que implicam a morte de uma pessoa ou outras conseqüências graves por imprudência".

Leia mais sobre acidente

    Leia tudo sobre: acidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG