Teerã, 17 set (EFE).- O representante da província iraniana do Curdistão na Assembleia de Especialistas do país, Mamusta Mohamad Sheikh al-Islam, foi morto a tiros hoje em frente de casa.

Segundo a agência semioficial iraniana "Fars", Sheikh al-Islam foi baleado por pessoas não identificadas quando deixava sua residência, na cidade curda de Sanandaj.

Com este ataque, subiu para quatro o número de mortos em Sanandaj na última semana. Além de Sheikh al-Islam, morreram dois juízes e um clérigo. EFE msh/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.