míope o plano aliado de manobras na Geórgia - Mundo - iG" /

Medvedev tacha de míope o plano aliado de manobras na Geórgia

Moscou, 17 abr (EFE).- O presidente russo, Dmitri Medvedev, qualificou hoje de míope e perigosa a decisão da Otan de realizar manobras militares na Geórgia, que na sua opinião dificultam o reatamento do diálogo entre Rússia e a Aliança Atlântica.

EFE |

"Quando um bloco militar realiza exercícios em zonas onde há muito pouco tempo havia um alto grau de tensão e a situação ainda continua complicada, surge o perigo de todo tipo de complicações", declarou o presidente russo durante uma entrevista coletiva.

Na opinião de Medvedev, o plano aliado de efetuar manobras na Geórgia "é míope e não contribui para o reatamento dos contatos entre Rússia e Otan", que suspendeu sua cooperação com Moscou após invadir o Exército russo Geórgia em agosto passado.

A Rússia responsabiliza o Governo de Tbilisi pelo conflito armado, durante o qual o Exército russo arrebatou da Geórgia as regiões separatistas e pró-russas da Ossétia do Sul e da Abkházia, cuja independência Moscou depois reconheceu.

Medvedev afirmou que realizar manobras aliadas na Geórgia é tão perigoso como fazê-lo no Oriente Médio ou perto da Coreia do Norte, pois representam "uma demonstração da força militar" perante a Abkházia e a Ossétia do Sul, em cujos territórios a Rússia instalou suas bases militares, com 3,8 mil soldados cada uma.

O chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, criticou também na véspera os planos aliados e expressou a esperança de que a Otan "evite passos que infundam de novo ao regime georgiano o sentimento de impunidade e que tudo lhe está permitido". EFE se/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG