Medvedev se nega a pressionar Irã para que EUA retirem escudo antimísseis

O presidente russo, Dmitri Medvedev, rejeitou nesta terça-feira em Madri a possibilidade de pressionar o Irã a renunciar ao programa nuclear e obter, em troca, que os Estados Unidos não instalem um escudo antimísseis na Europa.

AFP |

"Falar de trocas, de uma pechincha, não se expôs esta questão, não é produtivo", declarou Medvedev em Madri.

O jornal New York Times informa na edição desta terça-feira que o presidente americano, Barack Obama, enviou uma carta ao colega russo na qual afirma que os Estados Unidos estariam dispostos a não instalar o escudo antimísseis na Europa em troca da ajuda da Rússia no caso iraniano.

Um alto funcionário do governo americano admitiu que o presidente dos Estados Unidos escreveu uma carta a Medvedev que vincula o futuro do projeto do sistema antimísseis na Europa à atitude de Rússia em relação à "ameaça" do Irã.

"A carta não contém propostas concretas ou iniciativas mutuamente vinculantes sobre o escudo antimísseis", declarou a porta-voz do Kremlin, Natalia Timakova, citada por agências russas.

esb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG