Medvedev: Rússia mantém oposição a reconhecimento da independência do Kosovo

Moscou, 24 dez (EFE).- O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, disse hoje que a Rússia mantém sua oposição ao reconhecimento da independência do Kosovo, depois de se reunir com o chefe de Estado sérvio, Boris Tadic.

EFE |

"Nossa postura não mudou. O reconhecimento unilateral da independência do Kosovo teve uma influência muito negativa na segurança regional e internacional", afirmou Medvedev, durante uma entrevista coletiva conjunta no Kremlin, segundo as agências russas.

O líder russo, que assumiu a chefia do Kremlin em maio, quando o Kosovo já tinha proclamado sua independência (em 17 de fevereiro), ressaltou que "Moscou mantém sua postura inváriavel de apoio à solução do problema do Kosovo de acordo com a resolução 1.244 da Assembléia Geral da ONU".

"O precedente kosovar, os problemas que surgiram no Cáucaso e nossa reação em defesa de cidadãos russos (na Ossétia do Sul) transformam em um assunto ainda mais urgente a assinatura de um acordo especial sobre segurança européia", disse.

Medvedev insistiu em que o acordo "não era dirigido contra ninguém, já que não é um acordo antiblocos e também não pretende prejudicar a atual ordem continental" "Esta é a linha que mantemos e manteremos, e esperamos cooperação por parte de outros países europeus", disse.

Medvedev criticou, em seu primeiro ato público após assumir o cargo, em 9 de maio, a política ocidental de "revisão de fronteiras", em clara alusão ao Kosovo.

Desde o princípio, o Kremlin qualificou de "ato ilegítimo" a proclamação unilateral da independência kosovar e sustentou que não reconheceria a separação desse território sem a aprovação da Sérvia.

A Rússia, que qualificou a independência kosovar de "linha vermelha" que não devia ser atravessada e advertiu que o ato abriria a "caixa de Pandora" dos separatismos na Europa, reconheceu, em setembro, a independência das regiões separatistas georgianas da Abkházia e da Ossétia do Sul. EFE io/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG