O presidente russo, Dimitri Medvedev, pediu neste sábado que os europeus enviem mais observadores à Geórgia para garantir uma vigilância imparcial dos atos do governo de Tbilisi, durante uma conversa telefônica com o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown.

"A Rússia se pronuncia a favor do envio de observadores adicionais da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) na zona de segurança e o estabelecimento de uma vigilância imparcial dos atos do governo georgiano", afirmou o presidente russo a Brown, segundo um comunicado do Kremlin.

"Moscou conta com esta ocasião para um diálogo construtivo com a União Européia e outras organizações internacionais", acrescentou, dois dias antes da reunião de cúpula extraordinária da União Européia sobre crise georgiana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.