O presidente russo Dimitri Medvedev pediu nesta segunda-feira à Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) para que envie uma missão para Ossétia do Sul, segundo comunicado do Kremlin.

"Medvedev deseja que uma missão da OSCE esteja presente na região da Ossétia do Sul", afirma o comunicado, que atribui esta "catástrofe na Ossétia do Sul à agressão georgiana".

Medvedev também falou a respeito num telefonema à presidente finlandesa, Tarja Halonen, cujo país está atualmente na presidência rotativa da OSCE.

alf/jo/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.