Medvedev já não considera Saakashvili como o presidente da Geórgia

A Rússia já não considera mais Mikhail Saakashvili como o presidente da Geórgia, declarou na noite desta terça-feira o presidente russo, Dmitri Medvedev, chegando a qualificar o dirigente georgiano de cadáver político em uma entrevista transmitida pela televisão russa.

AFP |

"Para nós, o atual regime georgiano acabou. O presidente Saakashvili não existe mais. Ele não passa de um cadáver político", disparou Medvedev.

O presidente russo também afirmou que a Rússia não teme ser excluída do G8, e denunciou os apelos neste sentido que qualificou de "tecnologia eleitoreira americana".

"Considero que estes apelos (à exclusão da Rússia do G8) se devem unicamente à tecnologia eleitoreira americana para aumentar da popularidade dos candidatos", declarou.

O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, afirmou domingo que a Rússia se tornou uma "autocracia" a ser excluída do G8, o grupo dos oito países mais industralizado do mundo (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, Japão e Rússia".

bfi/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG