Medvedev inicia no Cazaquistão primeira viagem ao exterior

Moscou, 22 mai (EFE) - O presidente russo, Dmitri Medvedev, iniciou hoje no Cazaquistão sua primeira viagem ao exterior, que também o levará à China, à qual prometerá novas ajudas para combater as conseqüências do terremoto que atingiu o sul do país.

EFE |

"Nossa política externa deve ser racional, pragmática e, ao mesmo tempo, amistosa e aberta", afirmou Medvedev, às vésperas de sua viagem, aos jornalistas chineses.

No Cazaquistão, o chefe de Estado russo deve abordar com o presidente desse país centro-asiático, Nursultan Nazarbayev, a cooperação em matéria energética e espacial.

Medvedev viajará em seguida ao gigante asiático, onde assinará com seu colega chinês, Hu Jintao, um plano de ação para impulsionar as relações bilaterais.

Um dos principais temas da agenda será a cooperação militar, mas fontes oficiais russas descartaram a assinatura de novos contratos de armas.

Além disso, os dois governantes assinarão uma declaração conjunta sobre política internacional, com especial ênfase nas crises nucleares do Irã e da Coréia do Norte.

Segundo os analistas, o fato de que Medvedev tenha escolhido dois países asiáticos como destino de sua primeira visita ao exterior é um reflexo de qual será a orientação da política externa do Kremlin durante os próximos anos.

A Alemanha, país intimamente ligado com o ex-presidente Vladimir Putin, será o primeiro país ocidental que Medvedev visitará, em junho. EFE io/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG