O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, manifestou nesta quinta-feira a esperança de estabelecer relações de cooperação com o novo governo americano de Barack Obama, e destacou que a Rússia não é a União Soviética.

Ouvido em Cannes (sul da França) sobre suas relações com os Estados Unidos, à véspera de uma viagem para a cúpula de Washington sobre a crise financeira, Medvedev declarou : "não é uma tragédia, podemos sempre nos entender".

"Não há crise como no tempo da URSS (...), a Rússia não é a União Soviética", acrescentou, paralelamente a um fórum de investidores europeus e russos.

Estimou que havia, com o novo governo americano, "ocasião de construir relações de cooperação".

cat-mar/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.