MOSCOU - O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, afirmou hoje que espera que a próxima visita a Moscou do líder americano, Barack Obama, dê um novo impulso às relações bilaterais.

"Em geral, acho que os eventos se desenvolvem bem e espero meu colega (Obama) na Rússia para continuar o diálogo", disse o chefe do Kremlin, citado pela agência "Interfax", em entrevista coletiva ao final de suas conversas com o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi.

O presidente dos Estados Unidos fará uma visita à Rússia entre os dias 6 e 8 de julho, às vésperas da cúpula do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais desenvolvidos e a Rússia) que será realizada na cidade italiana de L'Aquila.

Medvedev disse que "algo mudou" desde a chegada de Obama à Casa Branca.

"Percebemos que há interesse em desenvolver as relações com a Rússia, sentimos uma mudança de tom no diálogo. A primeira conversa que mantive com o presidente dos Estados Unidos foi muito construtiva", disse o presidente russo, ao se referir à reunião que tivera em Londres no início de abril.

Segundo o chefe do Kremlin, o mais importante é que ficou evidente o "desejo e a possibilidade de ouvir os argumentos da outra parte".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.