Moscou, 20 mar (EFE).- O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, expressou hoje sua esperança de que a reunião que manterá em 1º de abril, em Londres, com o líder americano, Barack Obama, marque o reinício das relações entre Moscou e Washington.

"Espero que esse surpreendente termo, refiro-me a 'reiniciar', que surgiu depois da reunião do ministro de Assuntos Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, e da secretária de Estado americana, Hillary Clinton, (...) possa refletir a essência das mudanças que queremos", disse o chefe do Kremlin, citado pela agência "Interfax".

Medvedev fez esta declaração alusiva ao botão com a palavra inglesa "reset" (reiniciar) que Hillary presenteou recentemente a seu colega russo, ao discursar em um fórum russo-americano realizado em Moscou.

"Queremos que haja esse reinício e confiamos em que assim será", disse o chefe do Kremlin, que manterá sua primeira reunião com Obama na véspera da cúpula do Grupo dos Vinte (G20, os países ricos e os principais emergentes) sobre a crise financeira mundial. EFE bsi/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.