O chefe de Estado russo, Dimitri Medvedev, e o presidente eleito americano Barack Obama acertaram se reunir o quanto antes possível, declarou neste domingo o chefe da diplomacia de Moscou, Serguei Lavrov, citado pelas agências locais.

O Kremlin havia anunciado esse encontro na véspera.

Em conversa por telefone, Medvedev e Obama falaram da "necessidade de organizar em breve um encontro", indicou o Kremlin, em um comunicado, sem definir datas.

O chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, declarou na quarta-feira que o encontro entre ambos dirigentes poderia acontecer no dia 15 de novembro, à margem da cúpula do G20 em Washington sobre a crise financeira mundial.

str/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.