Medvedev diz que Noal é elemento-chave na nova ordem mundial

Moscou, 15 jul (EFE).- O presidente russo, Dmitri Medvedev, disse hoje que o Movimento dos Países Não-Alinhados (Noal) é um dos elementos-chave da nova ordem mundial multicêntrica atual e que está disposto a aumentar sua interação com o grupo, em prol da estabilidade internacional.

EFE |

Em mensagem de saudação aos participantes da XV Conferência do Noal, que começou hoje no balneário egípcio de Sharm el-Sheikh, o presidente da Rússia acrescentou que o aumento dessa interação tem como objetivo "o bem de nossos povos e de toda a comunidade mundial", informou o Kremlin.

Medvedev destacou, no texto divulgado pela Presidência russa, que Moscou e o Noal estão unidos por antigas relações de cooperação e respeito mútuo, que "se baseiam na compressão da responsabilidade comum pelos destinos do mundo, no reconhecimento da diversidade cultural e do direito de cada país a sua própria via de desenvolvimento".

Além disso, expressou seu convencimento de que para "a edificação de uma nova arquitetura global é necessário potenciar diversos formatos" e acrescentou que os países do Noal têm um papel importante neste sentido. EFE bsi/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG