trocas com EUA após renúncia a escudo - Mundo - iG" /

Medvedev descarta possíveis trocas com EUA após renúncia a escudo

Moscou, 18 set (EFE).- O presidente russo, Dmitri Medvedev, descartou hoje possíveis trocas com os Estados Unidos após a renúncia americana aos planos de posicionar o escudo antimísseis na Polônia e na República Tcheca, o que Moscou considerava uma ameaça a sua segurança.

EFE |

"Se nossos parceiros levarem em conta nossas preocupações. Nós, certamente, ouviremos mais atentamente as suas. Isso não significa compromissos primitivos ou trocas", disse Medvedev à imprensa suíça segundo as agências russas.

Agora, segundo a imprensa americana, Washington espera que Moscou se junte às pressões ocidentais ao Irã para que este abandone suas ambições nucleares.

O líder russo também disse esta semana que "Irã tem direito a um programa nuclear civil. Não só pensamos assim, mas estamos dispostos a ajudá-lo e não só com palavras, mas com fatos".

Em qualquer caso, Medvedev reconheceu hoje que "está claro que, em política, há sempre uma conta de pontos. Isto é evidente".

O chefe do Kremlin reagiu ontem com extrema cautela ao anúncio feito pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre a renúncia dos EUA em posicionar elementos do escudo perto das fronteiras russas, mas hoje qualificou a decisão de "muito boa".

"Isto mostra que nossos parceiros americanos, pelo menos, estão dispostos a ouvir as posturas russas, a dialogar e a tomar decisões encaminhadas a tranquilizar a situação", disse à imprensa da Suíça, às vésperas de sua visita a esse país.

Isso, acrescentou, "é um sinal evidente para que nós de que também ouviremos atentamente nossos parceiros americanos".

Medvedev se reunirá em 23 de setembro com Obama, durante sua primeira visita aos EUA. EFE io/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG