Medvedev defende reforma na lei para prevenir atentados

Moscou, 30 mar (EFE).- O presidente russo, Dmitri Medvedev, defendeu hoje mudanças nas leis antiterroristas para poder prevenir atentados como os que mataram ontem 39 pessoas no metrô de Moscou.

EFE |

"Acho que é preciso prestar mais atenção no aperfeiçoamento da legislação destinada a prevenir o terrorismo, inclusive a referente ao trabalho de quem investiga esses crimes", ressaltou Medvedev, citado pelas agências de notícias russas.

Para o presidente russo, deve-se melhorar o funcionamento dos tribunais no momento de aplicar os artigos do código penal relativos ao terrorismo.

Ele também destacou a necessidade de aumentar a segurança dos cidadãos no transporte público e em lugares públicos onde se concentram grandes quantidades de pessoas.

"Estamos abalados com as pessoas que perderam a vida em consequência dos atentados terroristas. Essa foi uma tragédia horrível, um crime", disse.

O líder russo visitou ontem à noite a estação de Lubyanka - um dos locais dos atentados -, onde deixou algumas flores em homenagem às vítimas da primeira explosão.

Medvedev qualificou de "animais" os terroristas. Ele assegurou que "todos serão liquidados" da mesma forma que o foram os responsáveis por outros atentados na Rússia. EFE io/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG