Medvedev chega ao Rio nesta terça para promover relações com Brasil

Rio de Janeiro, 24 nov (EFE) - O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, iniciará amanhã uma visita oficial ao Brasil com o objetivo de estreitar a cooperação em matéria de defesa e impulsionar o comércio bilateral.

EFE |

Medvedev fará na terça-feira um passeio pelo Rio de Janeiro e iniciará uma agenda de trabalho centrada em temas energéticos, de defesa e comerciais, segundo o Governo brasileiro.

Na quarta-feira, o líder russo será recebido no Rio de Janeiro pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem assinará acordos para impulsionar a troca comercial e dobrá-la até US$ 10 bilhões em 2010.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, afirmou na semana passada que a cooperação militar também estará na agenda de Medvedev e Lula.

Os dois países assinarão um compromisso de cooperação na área de defesa, cujo primeiro fruto será um contrato para a compra de 12 helicópteros russos de ataque MI-35, a um custo de US$ 300 milhões, segundo a imprensa brasileira.

No entanto, Amorim advertiu na semana passada de que o "Brasil não comprará equipamentos militares sem transferência de tecnologia, porque toda compra (nesse quesito) faz parte de uma política de desenvolvimento industrial e tecnológico nacional".

Os dois líderes devem abordar a crise financeira global, defenderem um mundo multipolar e advogarem o reinício das negociações da Rodada de Desenvolvimento de Doha de liberação comercial.

Uma comissão bilateral trabalhou na semana passada nos acordos que serão assinados pelos governantes nas áreas de cooperação econômica, comercial, científica e tecnológica, conforme a categoria de "aliado estratégico" outorgada pelo Brasil à Rússia.

Pressionado pelos empresários do campo, o Governo brasileiro pretende elevar suas vendas de carnes bovinas e suínas e se propõe a aumentar a importação de adubos e trigo da Rússia sem passar pelos intermediários do mercado, segundo o Ministério da Agricultura.

O presidente russo visitará amanhã a sede principal da Petrobras para conhecer mais sobre as descobertas de jazidas em águas profundas e a produção de biocombustíveis.

À tarde, almoçará com o governador Sérgio Cabral, e depois ambos visitarão o estádio do Maracanã, segundo a agenda preliminar.

À noite, no Palácio das Laranjeiras, Cabral e Lula oferecerão um churrasco ao líder russo. EFE ol/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG