Medvedev anuncia assinatura de acordos com Ossétia do Sul e Abkházia

Moscou, 15 set (EFE).- O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, anunciou hoje que durante essa semana assinará acordos para desenvolver a cooperação com a Ossétia do Sul e a Abkházia, cujas independências foram reconhecidas por Moscou em 26 de agosto.

EFE |

"Esta semana, assinarei os respectivos acordos especiais para desenvolver vínculos de amizade com estes novos sujeitos de direito internacional", disse o chefe do Kremlin, citado pela agência oficial "RIA Novosti", em reunião com os líderes da União de Industriais e Empresários da Rússia (UIER).

Medvedev afirmou que os acordos com a Ossétia do Sul e a Abkházia "incluem também o componente militar".

No domingo, o ministro de Assuntos Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, adiantou que os acordos com a Abkházia e a Ossétia do Sul garantirão a segurança dessas regiões georgianas, cujas independências só foram reconhecidas pelos Governos russo e nicaragüense.

O presidente russo expressou sua confiança de que os homens de negócios russos se unirão à iniciativa de criar um fundo de ajuda para os habitantes da Ossétia do Sul que ficaram desabrigados em conseqüência da agressão georgiana.

Afirmou que os empresários industriais do país "farão também sua contribuição à explicação das causas reais do ocorrido" no Cáucaso e, "naturalmente, ao fortalecimento das posições e da imagem da Rússia no exterior".

Sobre a ajuda à Ossétia do Sul e à Abkházia, Medvedev ressaltou que o "reconhecimento dessas repúblicas como Estados independentes abre novas e amplas possibilidades de trabalho para os homens de negócios da Rússia".

"Será preciso reconstruir edifícios, infra-estruturas, instalações e estabelecimentos culturais, e prestar, naturalmente, assistência humanitária", disse. EFE bsi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG