O presidente russo, Dmitri Medvedev, advertiu nesta quarta-feira o colega georgiano, Mikhail Saakashvili, contra qualquer provocação contra os soldados russos mobilizados na Abkhazia, informaram as agências russas.

Em uma conversa telefônica com Saakashvili, "Medvedev disse que as provocações contra os militares russos responsáveis pela manutenção da paz, que atuam sob compromissos internacionais, são inaceitáveis", informaram as agências Interfax e RIA Novosti, que citaram um comunicado do Kremlin.

cb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.