Médicos retiram cateter de Dilma, em 2º lugar nas pesquisas presidenciais

São Paulo, 27 mar (EFE).- A ministra e candidata a presidência de 2010, Dilma Rousseff, foi submetida hoje a um procedimento médico para a retirada de um cateter utilizado durante seu tratamento contra um câncer linfático.

EFE |

O Hospital Sírio-Libanês de São Paulo disse que Dilma foi submetida este sábado a "exames de rotina" e os médicos aproveitaram então para "retirar o cateter usado durante o tratamento ao qual a ministra se submeteu entre abril e setembro do ano passado".

A ministra, apontada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidata para disputar as eleições presidenciais de outubro, aparece como segunda nas pesquisas de intenções de voto, atrás do opositor e governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

Na pesquisa do Instituto Datafolha, cujos resultados foram divulgados hoje, Serra parece à frente com 36% das intenções de voto, seguido de Dilma, com 27%, em uma diferença que voltou a aumentar depois da ministra ter diminuído a distância em pesquisas anteriores. EFE wgm/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG