ninfomaníaco - Mundo - iG" /

Médico critica deputado que chamou Lugo de ninfomaníaco

Assunção, 13 mai (EFE).- Um médico paraguaio criticou as declarações de um deputado da oposição do país que chamou o presidente Fernando Lugo de ninfomaníaco.

EFE |

Juan Bernardo Ziett, do Partido Colorado, afirmou que o chefe de Estado não poderia seguir no cargo caso ficasse provado que ele sofre de alguma "doença vinculada ao sexo" e seja "ninfomaníaco".

Recentemente, Lugo reconheceu a paternidade de um menino de dois anos.

Osvaldo Pangrazio, médico da federação paraguaia de futebol, qualificou as declarações de "palhaçada", em entrevista à rádio "Primero de Marzo".

Pangrazio também se mostrou surpreso com a expressão usada pelo deputado, e destacou que a ninfomania é uma desordem sexual que só afeta mulheres.

Na terça-feira, o deputado Victor Ríos, do Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), já havia criticado Ziett.

"Se dependência de sexo é um problema, vamos começar a despedir as pessoas. Até ontem (segunda-feira), entendia que a ninfomania era um problema patológico somente das mulheres", ironizou.

Ziett pretendia apresentar um pedido de julgamento político contra Lugo, mas acabou mudando de ideia. EFE rg/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG