Um médico de uma pequena cidade australiana usou uma broca caseira para extrair um coágulo de sangue do cérebro de um adolescente de 13 anos que sofrera um acidente de bicicleta.

O jovem, Nick Rossi, começou a sangrar pela cabeça depois de cair da bicicleta na sexta-feira na cidade de Maryborough, ao noroeste de Melbourne, explicou o pai do adolescente, Michael.

Apesar de parecer bem, a mãe de Nick, Karen, decidiu llevá-lo ao hospital depois de perceber um volume atrás da orelha.

No hospital, o menino começou a passar mal, perdeu a consciência e teve que ser conectado a um respirador artificial.

Um dos médicos, David Tynan, percebeu que se não agisse rápido o adolescente morreria.

Mas como o pequeno hospital da cidade não tinha um aparelho suficientemente potente para perfurar o crânio de Nick, recorreu ao departamento de manutenção.

"Com as instruções pelo telefone de um neurocirurgião de Melbourne fizemos uma incisão no couro cabeludo até o osso e depois perfuramos com uma broca", disse.

"É bastante assustador, claro que você se preocupa quando está ... apertando com força, mas quando saiu um pouco de sangue depois que perfuramos o crânio percebemos que foi a decisão correta", completou.

De acordo com neurocirurgião de Melbourne, a atuação de Rob Carson, o médico que executou a perfuração, salvou o adolescente de uma morte certa.

Nick recebeu alta do hospital na terça-feira, dia em que completou 13 anos.

ajc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.