Mediação egípcia tem apoio incondicional, afirma Abbas

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, expressou neste domingo seu apoio incondicional à mediação egípcia para instaurar uma trégua com Israel na Faixa de Gaza.

AFP |

Em uma declaração à imprensa no término de uma reunião na estação balneária de Charm el Cheij com o presidente egípcio, Hosni Mubarak, Abbas afirmou que "a Autoridade Palestina apóia sem reservas nem condições os esforços do Egito com o objetivo da trégua".

Abbas disse que está disposto a dialogar com o movimento islamita Hamas no fim da iniciativa do Iêmen para a reconciliação entre os dois principais grupos palestinos, Fatah e Hamas.

Essas declarações foram feitas dois dias antes de uma reunião prevista no Cairo entre representantes de diferentes organizações palestinas, na presença do líder da inteligência egípcia, Omar Suleiman, para elaborar uma posição palestina conjunta para a trégua com Israel.

Abbas visitou o Egito para informar Mubarak do giro que acaba de fazer por Moscou e Washington.

"As conversações com os americanos continuam, devido à visita de George W. Bush à Charm el Cheij em 17 de maio", indicou Abbas.

O dirigente palestino disse ter pedido que "os americanos desempenhem um papel mais eficaz" nas negociações de paz entre Israel e os palestinos e "trabalhar para encerrar a colonização" israelense.

str/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG