O candidato republicano John McCain se aproximou de seu adversário democrata Barack Obama em quatro estados considerados cruciais na perspectiva da eleição presidencial de novembro, de acordo com uma pesquisa publicada nesta quinta-feira pela universidade de Quinnipiac.

Segundo este estudo, realizado em parceria com o Wall Street Journal e o Washington Post, Obama lidera com tranqüilidade em Wisconsin (50% a 39%) e tem uma leve vantagem em Michigan (46% a 42%) e Minnesota (46% a 44%). No entanto, o candidato democrata perde para McCain no Colorado (46% a 44%).

No mês passado, Obama liderava nos quatro estados, com uma margem mais elevada.

Os eleitores afirmam estar mais preocupados com a questão da energia, principalmente com o aumento do preço da gasolina. O candidato republicano se disse favorável à supressão da proibição da exploração petrolífera em alto mar, enquanto que Obama é contrário à medida.

Em Minnesota, onde os dois candidatos estão praticamente empatados, 59% dos eleitores se dizem a favor da exploração de petróleo no mar, contra 34% que se declaram opostos. Os resultados são parecidos nos três outros estados. Nos quatro estados, quase um eleitor em cada dez defende a exploração petrolífera na reserva natural ANWR (Arctic national wildlife refuge), no Alasca.

A pesquisa foi realizada de 14 a 22 de julho com 1.425 pessoas em Colorado (margem de erro de 2,6%), 1.684 pessoas no Michigan (2,4%), 1.261 pessoas em Minnesota (2,8%) e 1.094 pessoas em Wisconsin (3%).


Leia mais sobre: eleições nos EUA



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.