México, 2 jul (EFE).- O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, chegará hoje ao México para uma visita de um dia à capital mexicana com uma apertada agenda na qual estão incluídos encontros com empresários, forças de segurança e com o presidente mexicano, Felipe Calderón.

McCain visita o México após ter conversado ontem, em Cartagena (Colômbia), com o presidente desse país, Álvaro Uribe, e oferecer seu apoio ao governante e renovar o compromisso de seu país na luta contra o narcotráfico e o terrorismo.

As atividades do senador republicano pelo Arizona começarão nesta mesma tarde com um jantar privado oferecido pelo Conselho Empresarial Mexicano de Comércio Exterior, Investimento e Tecnologia (Comce), uma organização privada que representa empresários mexicanos em âmbito internacional.

McCain também se encontrará com empresários americanos da Câmara de Comércio dos EUA no México, organismo presidido atualmente por Neal R. Goins, presidente no México da Exxonmobil Ventures.

À tarde, o político visitará o presidente Felipe Calderón na residência oficial Los Pinos, onde realizarão uma reunião.

Espera-se que neste encontro, o político republicano expresse seu respaldo ao Executivo mexicano na luta contra o narcotráfico, que este ano tirou a vida de um grande número de policiais.

Além disso, está prevista a discussão entre o governante mexicano e o candidato republicano sobre imigração, tema que por anos dominou boa parte da política externa entre EUA e México, e sobre o qual o senador americano trabalhou intensamente.

No entanto McCain, que descreveu os imigrantes como "filhos de Deus", pressionado pelos conservadores, moderou seu discurso e agora enfatiza que, primeiro, é preciso reforçar a segurança da fronteira com o México. EFE jd/bm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.