McCain envia condolências a Obama por perda da avó materna

Washington, 3 nov (EFE) - O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, expressou suas condolências ao adversário democrata, Barack Obama, pela perda de sua avó, Madelyn Dunham, que morreu hoje aos 86 anos no Havaí por causa de um câncer.

EFE |

"Oferecemos nossas mais profundas condolências a Barack Obama e sua família enquanto choram a perda de sua querida avó", disseram McCain e a esposa Cindy em comunicado.

"Nossos pensamentos e preces estão com eles em momentos nos quais lembram e celebram a vida de alguém com um profundo impacto em suas vidas", acrescentou o documento.

Madelyn, que foi visitada por Obama há alguns dias, após registrar uma piora em seu estado de saúde, era a avó materna do democrata e ajudou a criá-lo junto com o marido.

"É com grande tristeza que anunciamos que nossa avó, Madelyn Dunham, morreu hoje em paz após uma batalha com o câncer", disse o candidato democrata em comunicado conjunto com sua meio-irmã, Maya Soetoro-Ng.

"Era a pedra angular de nossa família e uma mulher de conquistas, força e humildade extraordinários", acrescentou o comunicado.

A avó de Obama morreu na véspera das eleições presidenciais, que ocorrem amanhã nos Estados Unidos. EFE tb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG