Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

McCain e Palin defendem a independência energética dos EUA

O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, e sua vice, Sarah Palin, destacaram na quarta-feira que a independência energética garantiria a segurança e a prosperidade dos Estados Unidos, em um ato de campanha em Michigan.

AFP |

"A independência energética é a segurança e a prosperidade para esta grande nação", afirmou Palin.

"Será meu bebê quando eu for para Washington", acrescentou.

Palin considerou um "disparate" que o presidente George W. Bush seja obrigado a pedir a Arábia Saudita um aumento da produção de petróleo da Opep.

Ao ser questionada se convencera McCain a liberar a exploração de petróleo na reserva natural do Alasca, o que o candidato republicano não aprova, Palin respondeu que está trabalhando nisso.

No entanto, McCain minimizou a questão do meio ambiente vinculada às perfurações em águas costeiras, ao brincar que "os peixes gostam de se movimentar ao redor das plataformas".

Diante da alta do preço dos combustíveis, a exploração de petróleo nas costas ganha cada vez mais defensores na opinião pública americana, mas é rejeitada pelo candidato democrata à presidência, Barack Obama.

"Meu adversário é contra a energia nuclear. É contra as perfurações costeiras", declarou o candidato republicano.

chl/fp

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG