McCain diz que plano de resgate não será aprovado como está

O candidato republicano à Casa Branca John McCain considerou nesta quarta-feira que o plano de resgate do sistema financeiro não será aprovado pelo Congresso americano em sua versão atual, e ressaltou que o tempo está se esgotando.

AFP |

"Está claro agora que não há consenso para apoiar o projeto do governo, e acho que o plano que está na mesa não será aprovado em sua versão atual", declarou McCain.

"O tempo está se esgotando", alertou o senador de Arizona, que decidiu suspender sua campanha e voltar a Washington devido à crise financeira.

Depois das reticências do Senado, o secretário americano do Tesouro, Henry Paulson, devia tentar na noite desta quarta-feira convencer os membros da Câmara dos Representantes a aceitarem rapidamente seu plano de resgate dos bancos, para o qual pede a liberação de 700 bilhões de dólares.

col/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG