McCain destaca livre-comércio antes de viagem a Colômbia e México

Washington, 28 jun (EFE).- O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, destacou hoje a importância do livre-comércio, a poucos dias de uma viagem que fará à Colômbia e ao México.

EFE |

McCain, que chegará à Colômbia na terça-feira, disse em discurso na Associação Nacional de Funcionários Latinos Eleitos e Nomeados (Naleo) que acredita "no livre-comércio, inclusive no tratado de livre-comércio (TLC) com a Colômbia, que está bloqueado no Congresso".

Segundo o senador pelo Arizona, o Congresso deve ratificar esse pacto comercial para "recompensar a Colômbia por seu difícil trabalho pra evitar que as drogas continuem chegando aos Estados Unidos".

O TLC encontra-se estagnado no Congresso americano desde abril, por conta das objeções da maioria democrata, que pede mais garantias de respeito aos direitos humanos e aos direitos dos trabalhadores do país andino.

Depois de passar 48 horas na cidade colombiana de Cartagena das Índias, McCain seguirá para o México, devendo retornar aos EUA no mesmo dia.

Durante sua viagem, o candidato republicano deverá conversar com os presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, e do México, Felipe Calderón, sobre assuntos como o livre-comércio, o narcotráfico e a cooperação bilateral.

Em seu discurso hoje na Naleo, McCain elogiu a "firme luta" de Calderón contra os cartéis dos narcotraficantes mexicanos. EFE mv/bm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG