McCain critica Bush por crise financeira

O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, criticou hoje o presidente dos Estados Unidos e também republicano, George W. Bush, por ter falhado em prever as condições que levaram à atual crise financeira.

AFP |

"Digo que o governo Bush falhou", afirmou McCain no programa de televisão "60 Minutos", da rede CBS. "O Congresso também falhou, democratas e republicanos. Então, todos falharam".

Segundo McCain, "os interesses especiais que prevaleceram em Washington prejudicaram os americanos, francamente, da pior maneira".

O candidato se disse "furioso" com a "cobiça do pessoal de Wall Street" e acrescentou que os americanos comuns "sofrem" ao ver a perda de valor de seus fundos de pensão e de outras poupanças.

McCain se comprometeu a não elevar os impostos para pagar o plano de socorro financeiro, avaliado em 700 bilhões de dólares, e disse que vai reduzir o gasto excessivo do governo.

O republicano criticou seu adversário democrata, Barack Obama, por querer ligá-lo a Bush, e explicou que não concorda com o presidente sobre o orçamento, a condução da guerra no Iraque, a mudança climática e o tratamento dado aos estrangeiros acusados de terrorismo.

Obama lembrou no mesmo programa que McCain sempre se gabou de ser alguém que apóia "a eliminação das regulamentações" na economia.

    Leia tudo sobre: mccain

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG