encanador Joe para atacar política econômica de Obama - Mundo - iG" /

McCain cita de novo o encanador Joe para atacar política econômica de Obama

O candidato republicano John McCain voltou a criticar seu adversário Brack Obama neste sábado e recorreu mais uma vez à figura do encanador Joe - transformado em símbolo da classe média americana - para contestar os planos de política tributária do democrata.

AFP |

Falando ante centenas de partidários em um comício, McCain insistiu em se referir várias vezes a Joe Wurzelbacher, o bombeiro hidráulico de Toledo, Ohio, que ficou famoso ao ser citado no terceiro e último debate entre os candidatos presidenciais de terça-feira passada.

Os questionamentos que Wurzelbacher fez diretamente a Obama durante um comício democrata serviram ao republicano como demonstração de como seria arriscada a política tributária de seu adversário.

"Joe não pediu ao senador Obama que o visitasse em sua casa, tampouco pediu para ser famoso... muito pediu os ataques políticos que sofreu da campanha de Obama", afirmou McCain, fazendo referência aos artigos de jornais que revelaram dados pessoais de Wurzelbacher, como o fato de não ter registro profissional e estar com problemas com a Receita Federal.

"O sonho de Joe é ser proprietário de um pequeno negócio, que criará trabalho para sua comunidade, e os ataques a sua pessoa é um ataque contra todos os pequenos comerciais de todo o país", afirmou McCain.

Na véspera, McCain também fez uso do encanador Joe para dar um impulso a sua combalida campanha. O candidato republicano contou a seus partidários em um comício em Melbourne, na Flórida, que conversou com Wurzelbacher pela primeira vez na manhã desta sexta-feira, por telefone.

"Ele é um cara ótimo", disse McCain. "Tem orgulho de seu avô, que serviu nos Fuzileiros Navais".

Partidários de McCain no comício usavam camisetas com os dizeres "Olá, meu nome é Joe, o encanador".

Uma nova propaganda do senador republicano usa imagens de Obama no dia em que se encontrou com Wurzelbacher, com o comentário do democrata sobre seus planos de "espalhar a riqueza".

Obama afirma que apenas cidadãos com renda acima de 200.000 dólares e famílias com renda acima de 250.000 dólares serão alvo de aumento de impostos caso os americanos o elejam presidente, e que a maioria das famílias de classe média pagará menos.

Na rede de televisão ABC News, Wurzelbacher admitiu ganhar perto de 250.000 dólares por ano - mas sonha em comprar um negócio no valor de 280.000.

Mais cedo na sexta, num comício em Miami, McCain já havia falado sobre Joe: "Nós vamos lutar por Joe, meus amigos, vamos lutar por ele", declarou.

Samuel "Joe" Wurzelbacher tornou-se uma celebridade nos Estados Unidos e foi a verdadeira estrela do último debate entre os candidatos da corrida pela Casa Branca.

Até domingo passado, quando interpelou diretamente Obama durante um comício em Toledo, Ohio, o bombeiro hidráulico era mais um americano comum. Mas ao questionar Obama sobre aumento de impostos, Joe acabou virando o personagem favorito da imprensa americana.

col/rpl/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG