LA Times de proteger Obama ao esconder informação - Mundo - iG" /

McCain acusa LA Times de proteger Obama ao esconder informação

Washington, 29 out (EFE) - O candidato republicano à Casa Branca, John McCain, acusou hoje o jornal Los Angeles Times de proteger seu adversário, Barack Obama, ao não divulgar uma fita que mostra o democrata em um jantar em homenagem a um professor palestino-americano crítico a Israel.

EFE |

O periódico indicou que tinha escrito sobre o evento em abril e assegurou que não divulgará a fita por uma promessa feita à fonte.

"O 'Times' mantém as promessas feitas a suas fontes", disse Russ Stanton, responsável do diário, em uma história divulgada hoje pelo rotativo californiano.

Tanto McCain como sua companheira de chapa, Sarah Palin, sustentam que o professor Rashid Khalidi fez comentários negativos sobre Israel durante essa reunião.

Khalidi é professor de temas sobre Oriente Médio na Universidade de Colúmbia em Nova York e amigo, há muito tempo, de Obama.

Durante o jantar, Obama falou de sua amizade com Khalidi e do muito que aprendeu com ele.

O professor criticou publicamente Israel, mas tanto ele como Obama disseram que mantêm pontos de vista diferentes sobre esse país.

McCain afirmou hoje, além disso, que Bill Ayers, um ex-membro do grupo radical Weather Underground envolvidos em atentados contra o Pentágono e o Capitólio nos anos 60, também esteve no citado jantar.

Em uma reportagem publicada em abril, o "Los Angeles Times" disse que o candidato democrata tinha falado no ato sobre a necessidade de encontrar um ponto de encontro no conflito israelense-palestino.

Obama afirmou durante a campanha que seu compromisso com a segurança de Israel "não é negociável".

O "'Los Angeles Times' divulgou um relato, há mais de seis meses, do material da fita de vídeo", disse Jamie Gold, uma porta-voz do periódico em comunicado.

"O 'Times' não está suprimindo nada, justo o contrário, o 'Times' fez com que o assunto saísse à luz pública", acrescentou Gold.

O periódico californiano é um dos muitos que declararam apoio à candidatura presidencial de Obama.

rr/rd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG