Mbeki: cúpula sul-africana pode concluir as negociações sobre o Zimbábue

A Cúpula da África do sul neste fim de semana em Johannesburg oferece a oportunidade de concluir as negociações para um governo de unidade nacional no Zimbábue, declarou o presidente sul-africano, Thabo Mbeki, na abertura da reunião neste sábado.

AFP |

"Esta cúpula nos oferece a oportunidade de ajudar as partes nas discussões no Zimbábue a concluir suas negociações", declarou o mediador da Comunidade de desenvolvimento da África do Sul na cerimônia de abertura.

O poder e a oposição podem assim "iniciar um trabalho rumo à reconciliação nacional, à reconstrução e ao desenvolvimento do Zimbábue, para tirar a maior parte da população da terrível situação em que se encontra", continuou Mbeki diante dos chefes de Estado e de governo.

Os protagonistas nas discussões, o presidente Robert Mugabe e os opositores Morgan Tsvangirai e Arthur Mutambara, estavam presentes na sala, os dois últimos como observadores convidados.

O Zimbábue está mergulhado numa crise sem precedente desde à derrota do regime de Harare nas eleições gerais de 29 de março, e da reeleição controversa no fim de junho do presidente Robert Mugabe, 84 anos, dos quais 28 no poder.

"Este fim de semana, devemos nos inspirar na herança da Linha de Frente, a coalizão dos Estados vizinhos da África do Sul que ajudaram o movimento de luta contra o regime do apartheid, "para ajudar o Zimbábue a reencontrar seu caminho e a retomar seu papel de inspirador da região", continuou Mbeki.

jg-ip/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG