Máximo chefe das Farc está morto, confirma alto comando militar

Bogotá, 24 mai (EFE).- O fundador e máximo comandante das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Pedro Antonio Marín, mais conhecido como Tirofijo, está morto, confirmou hoje o almirante René Moreno, chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Militares da Colômbia.

EFE |

"Tirofijo" faleceu às 18h30 do horário local (20h30 de Brasília) de 26 de março passado "por causas que ainda não foram confirmadas", observou Moreno, ao ler um comunicado oficial sobre o falecimento do líder insurgente perante jornalistas. EFE rrm/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG