Mauritânia repatria 185 imigrantes ilegais subsaarianos

Nuakchott, 11 de novembro (EFE) - As autoridades da Maritânia repatriaram para seus países de origem cerca de 185 imigrantes ilegais subsaarianos que se preparavam para viajarem para as ilhas Canárias, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Os imigrantes senegaleses foram expulsos para o Senegal através da passagem fronteiriça de rio Rosso, e os malineses através da passagem de Gugui, informou a "Agência Mauritana de Informação" ("AMI").

Os subsaarianos, que preparavam uma tentativa de imigração ilegal em caiaques para as ilhas Canárias, foram detidos no litoral e nas águas da cidade portuária de Nuadibú, cerca de 470 quilômetros ao norte de Nuakchott.

Alguns deles foram detidos já no mar por unidades da Marinha mauritana, enquanto outros foram descobertos pelas forças de segurança no litoral de Nuadibú. EFE mo/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG