A junta no poder na Mauritânia desde o golpe de Estado de 6 de agosto divulgou neste domingo à noite uma nota, anunciando a formação de um governo, de acordo com a TV pública.

Um comunicado da presidência do Alto Conselho de Estado indica que, "por decreto desta data (domingo, 31 de agosto)", um governo de 22 ministros foi constituído sob a direção de Mulaye Uld Mohamed Laghdaf.

O anúncio chega 26 dias depois do golpe que derrubou Sidi Uld Cheikh Abdallahi, primeiro presidente eleito por via democrática desde a independência do país, em 1960, e levou ao poder um conselho de oficiais dirigidos pelo general Mohamed Uld Abdel Aziz.

A maioria dos ministros pertence às correntes que apóiam o golpe de Estado, tanto afiliados a partidos políticos, como independentes.

lbx/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.