O chefe da junta no poder na Mauritânia desde o golpe de Estado de 6 de agosto de 2008, general Mohamed Ould Abdel Aziz, anunciou neste domingo, em Nuadhibu, que renunciará até o fim da semana para se candidatar à eleição presidencial de 6 de junho.

hos/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.